MAC – Museu de Arte Contemporânea de Niterói

Em 1991, com 84 anos de idade, Oscar Niemeyer projetou o MAC – Museu de Arte Contemporânea de Niterói, considerado por muitos como a sua obra-prima. E é pra lá que o Poltrona 22 vai te levar agora!

mac_poltrona22

Como estávamos de carro no Rio, resolvemos atravessar a ponte Rio-Niterói em busca dessa maravilha arquitetônica. A ponte é gigantesca e quem tem aflição pode se sentir meio mal. Tem um pedágio de R$4,10 que tivemos que pagar só no trecho de ida. Eu jurava que durante a travessia da ponte já daria pra ver o ‘disco voador’ (essa construção parece demais um disco voador, não parece?). Mas não dá pra ver nada não. Pelo menos a gente não viu de dentro do carro.

O museu fica há uns 10 minutos logo depois de atravessar a ponte. O endereço é Mirante da Boa Viagem, s/nº, Boa Viagem, Niterói, RJ. Mas joga MAC Niterói no Google Maps que não vai ter erro. Lá não tem estacionamento. Tivemos que parar o carro numa rua lateral onde um guardador pediu uma grana quando voltamos. É sempre bom ter um dinheiro trocado nesses casos em que alguém fica olhando o seu carro na rua. Era uma sexta-feira, um pouco antes do meio-dia, e estava bem vazio. Então foi tudo tranquilo. Chegar, estacionar e entrar.

 

Acervo e exposições

No dia em que estivemos lá, somente o 2º piso estava aberto para visitação, e é nele que ficam as exposições temporárias. O acervo do museu fica no 3º piso e estava fechado para reforma ou manutenção. Possui 1.217 obras da Coleção João Sattamini, um conjunto reunido desde a década de 1950 pelo colecionador e que constitui a segunda maior coleção de arte contemporânea do Brasil. (Fonte: Wikipédia)

Consegui ver duas exposições que vão até o dia 01º de outubro de 2017. No salão principal, que fica na parte central do museu, cerca de 50 trabalhos compostos só por peças da coleção pública do MAC, entre esculturas, pinturas, vídeo, gravuras e objetos, de importantes artistas, como Adriana Varejão, Celeida Tostes, Cildo Meireles, Daniel Senise, Gustavo Esperidão, Hugo Houayek, Márcia X, Nuno Ramos, Regina Silveira, Ricardo Basbaum, entre outros.

E na varanda, que dá a volta no museu, e onde tem aquelas janelas enormes, a exposição Eu só vendo a vista, do artista Marcos Chaves, que estabelece uma relação entre a arquitetura do local e a vista do entorno.

 

Arquitetura

Eu queria poder falar de forma acadêmica do espetáculo que é a arquitetura desse museu mas não tenho propriedade e nem formação pra escrever algo que traga relevância aqui. Só consigo dizer que é lindo, possui uma vista panorâmica maravilhosa através das grandes janelas que rodeiam toda a estrutura e, com certeza, vale muito a visita.

Quem tiver interesse em saber todos os detalhes da criação do projeto, da construção do museu e tudo mais referente à essa obra incrível do Niemeyer, é só clicar aqui. Conta com informações bastante detalhadas do processo e algumas curiosidades técnicas também.

mac_poltrona22

“Como é fácil explicar este projeto! Lembro quando fui ver o local. O mar, as montanhas do Rio, uma paisagem magnífica que eu devia preservar. E subi com o edifício, adotando a forma circular que, a meu ver, o espaço requeria. O estudo estava pronto, e uma rampa levando os visitantes ao museu completou o meu projeto.”

Oscar Niemeyer (2006)

 

Ingressos e horário de funcionamento

A entrada custa R$10,00 a inteira e R$5,00 a meia. Às quartas-feiras a entrada é grátis pra todo mundo. O horário de funcionamento do museu é de terça a domingo, das 10h às 18h. O pátio fica aberto de segunda a domingo, das 8h às 18h (no horário de verão o pátio funciona até às 19h).

 

Restaurante

Tem um restaurante no subsolo, o Bistro Mac, que não cheguei a ver no dia da nossa visita, mas que pelas fotos do site parece ser muito interessante, com um visual privilegiado da Baía de Guanabara. Eles oferecem, de terça a sexta, das 12h às 16h, o Menu do Dia, que conta com uma sequência de entrada + prato principal + sobremesa pelo preço fixo de R$44,00. Tem o cardápio completo no site inclusive com o preço dos pratos. Vale dar uma olhada e se programar, né? O bistrô abre de terça a sexta, das 10h às 17h e aos sábados e domingos das 9h às 18h.

 

É fácil entender porque o MAC tornou-se um dos cartões-postais de Niterói desde sua inauguração, em 1996. A grandiosa obra de Oscar Niemeyer inserida perfeitamente na beleza natural do Rio de Janeiro só poderia proporcionar isso. E você, já visitou o MAC Niterói? Ficou com vontade? Já tinha visto essa maravilha da arquitetura em alguma novela, filme, revista, foto nas redes sociais? A propósito, siga o @poltrona22, hein! E deixe nos comentários o que você achou, beleza?

mac_poltrona22

Encontro vocês no próximo destino! 😉

2 comentários sobre “MAC – Museu de Arte Contemporânea de Niterói

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s